ACR do OESTE- ASSEMBLEIA DIOCESANA

19 07 2009

P7190014Os trabalhos iniciaram-se com a Oração da Manhã, seguindo-se um momento de formação com intervenção de Acácio F. Catarino, sobre o tema “Caminhos para uma maior harmonia social e ambiental“, procurando responder à questão: “Qual o papel da Igreja, nomeadamente dos leigos, na procura de novos caminhos?“.

Acácio Catarino, numa primeira parte da sua intervenção, abordou as desarmonias graves:desigualdades gritantes (repartição de rendimentos e riqueza, utilização dos recursos naturais, projectos de vida e relacionamento interpessoal) e incapacidades na superação dessas desarmonias. Neste âmbito, lançou a seguinte questão: a religiões, sobretudo as cristãs, actuam predominantemente a favor da harmonia ou da desarmonia?

De um modo geral,, as doutrinas e as práticas religiosas são favoráveis à harmonia; mas ainda subsistem algumas características que são desfavoráveis: a cultura da hierarquização desigualitária, o extremismo e o fundamentalismo, o insuficiente compromisso social do laicado, a falta de “retaguarda” para os leigos mais comprometidos nas estruturas, etc.

Na segunda parte da sua intervenção, esboçou algumas propostas de “caminhos” para a harmonia, a nível pessoal e ao nível dos grupos.

De seguida, pegando nas questões propostas pelo Dr. Acácio Catarino, na intervenção, os grupos estiveram reunidos para reflectir sobre este tema.

Depois da partilha dos grupos e de um almoço sempre apetitoso à moda da Casa do Oeste, o Sr. Cardeal Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, fez uma intervenção sobre este mesmo tema, ajudando-nos a perceber o que, de facto é “harmonia”: «é uma qualidade constitutiva do ser humano e do universo; é fruto e é condição para um completo desenvolvimento para uma plenitude do homem; é realidade e projecto,  porque a harmonia definitiva é sempre um desejo. Esta tensão entre o presente e o futuro, entre a realidade e o desejo é congénita da criação.»

Adiantou que «a harmonia só existe quando a riqueza imensa com que o homem foi criado, quando todas as dimensões do homem tiverem o seu lugar, estiverem a ser valorizadas, a realizar o papel que lhes compete na construção dessa harmonia do conjunto.»

Depois, sublinhou que «a construção da harmonia tem três dimensões: a da pessoa, a do homem que vivem com os outros em sociedade e a do homem com o universo

Terminou, afirmando que «somos chamados a lutar todos os dias a introduzir o que é construtor da harmonia, na desarmonia da sociedade em que vivemos.» [Ler mais]

A Assembleia Diocesana ficou concluída com a Grande Festa da Eucaristia.

1ª Parte da intervenção do Dr. Acácio Catarino:

2ª Parte da intervenção do Dr. Acácio Catarino:


Ações

Informação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: